MÍDIA

1958 CHEVROLET VIKING 40

No clima atual da indústria automobilística, é difícil ser pioneiro em qualquer coisa. Anualmente existe uma corrida para ver quem pode ser o primeiro a criar um estilo de carroçaria novinho em folha ou modificar um novo caminhão para ser o "primeiro de seu tipo".

 

No entanto, se você tem um caminhão dos anos 30, 40 ou 50 anos, pode ser um desafio assustador criar algo único. 

 

Assim surgiu a ideia de David Harris, proprietário da Evapo-Rust. Formular um plano de restauração a ser apresentado no SEMA SHOW 2017, em Las Vegas - EUA. David, queria ter certeza de que receberia a atenção que merecia. “A idéia do caminhão surgiu após a SEMA 2016, quando vi muita ação e tráfego de pedestres no estacionamento”, diz Harris. "Eu disse aos meus funcionários que precisávamos de um projeto que mostrasse exatamente o que nosso produto, Evapo- Rust, faz para carrocerias enferrujadas." Com isso em mente, a busca por um veículo começou.

Diamante bruto

Depois de semanas pesquisando, Harris imaginou se aventura na sua cidade natal, na zona rural do Arkansas. Foi o meio de um campo árido, onde ele descobriu um Chevrolet Viking 40 de 1958 que definitivamente vira dias melhores.

 

Após a inspeção, estava coberto de ferrugem, sujeira e neve. No entanto, quando Harris viu o caminhão, ele percebeu que havia encontrado o caminhão que ele e sua equipe estavam procurando. Muitas pessoas não vêem isso como um ponto de partida ideal, mas era exatamente o que ele e sua equipe procuravam: uma plataforma para demonstrar as habilidades de seu produto. Depois que comprou o caminhão, Harris notou um logotipo fraco no capô - “DeMint” - e é daí que o nome do caminhão, "Insano"

" UM CAMINHÃO DESTA ESTATURA MERECE UMA USINA DE FORÇA PARA O MOVER. MERECE UM MOTOR QUE FIQUE DIVERTIDO DIRIGIR POR ANOS. "       David Harris

A restauração começou imediatamente. A grande carcaça foi desmontada e içada em um grande tanque de Evapo-Rust. Após 24 horas de imersão, esse milagre da ciência removeu toda a ferrugem e lama que cobria o Viking de quase 60 anos de idade. Era hora de começar a trabalhar para dar vida ao guerreiro idoso. Qualquer tinta vermelha que não foi destruída pelos elementos foi deixada no estado em que se encontra na cabine e depois revestida com verniz em seis camadas para proteção com alto brilho.

Um caminhão dessa estatura merecia "o motor", mas um que garantisse diversão e emoção. Com isso em mente, um Duramax de 6,6L foi extraído de um Silverado '03 para servir de o coração do animal em desenvolvimento. 

 

Os injetores foram totalmente reconstruídos e um conjunto de turbocompressores foi doado pela Garrett Performance para garantir que o caminhão dispusesse alguma energia em sua estréia na SEMA 2017. Os grandes turbos Garrett foram transformados em um intercooler água-ar exclusivo (projetado pela 417 Motorsports) que funciona com o ar-condicionado da Chevrolet. Em seguida, Travis Ball, na Ball Metal Fab, começou a construir o escapamento personalizado de duas polegadas. 

Após a conclusão do chassi totalmente personalizado, Travis Ball e sua equipe instalaram os tanques de alforjes de 47 galões em cada lado do caminhão. No entanto, o tanque do lado do passageiro mantinha um segredo. A Ball projetou intencionalmente o tanque no lado direito do caminhão para alojar a maioria dos componentes elétricos, facilitando o trabalho neles. Fazer isso também permitia que eles fossem ocultados para que não ocultassem o chassi personalizado que ele passava tanto tempo projetando.

Este é o nosso lindo Chevrolet Viking 40 de 1958, chamado  de 'Insano', foi exibido no Sema Show 2017 em Las Vegas e no Made in America 2019, dentro do Indiana Convention Center.